Colhendo resultados

Bolsa-estudo da Thermic já beneficia colaboradores de todos os setores; Empresa ganha ainda mais qualidade nos serviços prestados

Aprimorar o conhecimento profissional e estar cada vez mais preparado a enfrentar os desafios do dia a dia é fundamental, rx principalmente para quem busca crescer dentro de uma empresa. Por outro lado, visit o empregador também ganha em qualidade e com a satisfação do cliente. Observando essa necessidade, cheapest a Thermic criou, em setembro de 2010, o Programa de Aperfeiçoamento Profissional, uma espécie de bolsa-estudo, que tem por objetivo incentivar seus colaboradores a voltar a estudar ou a se especializarem no setor onde atuam. Os resultados já começaram a aparecer.

“O saldo desse programa tem sido muito positivo. Hoje, temos profissionais mais capacitados e com maior nível de informação técnica em sua área. Para a Thermic, além do incentivo à educação, é a oportunidade de aproveitar o conhecimento adquirido e de melhorar a qualidade dos seus produtos”, ressalta Edemilson Martins, responsável pela área de Desenvolvimento Humano da Empresa.

Desde a criação, o Programa de Aperfeiçoamento Profissional já atendeu 33 colaboradores em cursos técnicos e de pós-graduação. Para solicitar o auxílio, o interessado deve apresentar ao gestor da área o conteúdo e o valor do curso.

“O Programa me deu a oportunidade de aprimorar meu desempenho nas demandas diárias”, explica José Henrique Lima de Souza, que concluiu o curso de Pacote de Desenho Técnico Mecânico. “Há muito tempo eu queria fazer esse curso, porém o custo era elevado. Essa bolsa me deu condições para fazê-lo”, acrescenta Souza.

Motivo para crescer

A técnica administrativa Melina Ottoboni, também colaboradora da Thermic, observou na bolsa-estudo uma maneira de se sentir motivada a buscar aperfeiçoamento na área na qual atua. “Devido a esse programa, hoje curso pós-graduação em engenharia de produção. De modo geral, essa extensão é fundamental para minha evolução pessoal e profissional. Eu e a empresa ganhamos”, acrescenta.

O Programa de Aperfeiçoamento Profissional da Thermic subsidia 50% do valor do curso para o colaborador, porém é preciso estar na Empresa há, pelo menos, um ano e meio.

José Henrique Souza aproveitou a oportunidade e voltou a estudar